Distúrbios do Sono


Sonambolismo

"Sonâmbulo é alguém que não está nem acordado nem dormindo". Os episódios ocorrem quando a consciência e a memória dormem e a parte motora é despertada repentinamente, pelo ronco, por um distúrbio epiléptico ou por um barulho. A pessoa não tem um despertar normal e passa a andar ou falar coisas desconexas.

Alguns sonâmbulos abrem portas e saem de casa. Outros trocam de roupa, abrem janelas e gavetas, alimentam-se ou urinam. A coordenação no início dos episódios é pobre, podendo tornar-se mais complexa. A expressão facial é estática, e o indivíduo geralmente mantém os olhos abertos e fixos.

Normalmente se recomenda não acordar o sonâmbulo, apenas o conduzir de volta para a cama, pois ele pode ficar agressivo, assustado, confuso e machucar-se.
Às vezes, os sonâmbulos podem se machucar ao escorregar ou perder o equilíbrio, especialmente ao descer escadas ou pular janelas. Alguns andam de braços estendidos pela casa, como forma de evitar obstáculos. Os episódios, que geralmente ocorrem no primeiro terço da noite, duram de alguns segundos até cerca de 20 minutos, mas já foram registrados casos (raros) com duração entre 30 e 40 minutos.

As causas desse distúrbio do sono ainda não são totalmente conhecidas, e costumam ser variadas. Remédios para dormir, distúrbios epilépticos e o ronco, por exemplo, podem deflagrar os episódios de sonambulismo. O sonambulismo não requer tratamento, a não ser que esteja ocorrendo numa freqüência preocupante, ou a pessoa esteja sofrendo ou causando lesões em outras pessoas.

O tratamento varia conforme a gravidade do caso e consiste em orientação, medidas comportamentais e medicamentos. Quando acontece na infância costuma evoluir bem. Quando começa na vida adulta é preciso fazer o diagnóstico diferencial com outras patologias neurológicas.

Comportamentos característicos:

. Senta na cama e fala durante o sono
. Caminha pelo quarto ou pela casa
. Os episódios em geral duram de poucos segundos até 20 minutos
. Anda de olhos abertos
. Tem dificuldade em ser acordado
. Não lembra do episódio
. Ao ser acordado, pode reagir de forma brusca
. Alguns andam de braços estendidos.

Dicas para lidar com um sonâmbulo:

  • Se o sonâmbulo sai do quarto e caminha pela casa, acompanhe o deslocamento e procure conduzi-lo gentilmente para a cama.
  • Procure não encostar na pessoa, pois ela pode reagir com empurrões, uma reação de fuga.
  • Se for preciso acordá-la, tente usar palavras.
  • Tranque janelas.
  • Evite beliches.
  • Tire a chave da fechadura da porta da casa.
  • Afaste objetos ou móveis que possam representar risco de ferimentos
  • Facas e outros objetos cortantes devem ser retirados do alcance da pessoa.
  • Ao se hospedar em andares altos, na casa de amigos ou em hotéis, verifique a segurança das janelas"


R. Peixoto Gomide, 515, Conj 74 - Jardim Paulista, São Paulo-SP. CEP: 01409-001.
Tel: (11) 2507-5896 / 3774-5896 | Copyright © 2010 www.disturbiosdosono.com
Design by Dr Marcelo Andrade | Supported by www.uolhost.com .br
Estrutura Pacote Web 1.0 - Customizado